Suplemento de proteína que repara perda de músculos.

Quando se pensa em proteína em pó, a primeira coisa que vem à mente são os músculos salientes de quem pratica musculação ou comumente conhecido como estilo Popeye.

Raramente associamos os idosos com as proteínas em pó, mas isso pode mudar no futuro.

Os cientistas prepararam uma fórmula já pronta para beber: um suplemento de proteína criado especificamente para pessoas idosas.

suplemento de proteína

Os cientistas Canadenses desenvolveram um suplemento de proteína, em combinação com exercícios físicos que pode reparar a perda de músculo.

Os suplementos de proteína de soro não são somente para os aficionados em academias. Uma pesquisa descobriu que quando usados de forma regular, uma combinação destes e outros ingredientes em uma fórmula já pronta para beber, melhora muito a força física de um grupo classificado como coorte: os idosos.

A deterioração da massa muscular e da força física é uma parte normal do envelhecimento, conhecido como sarcopenia e pode aumentar o risco de quedas, distúrbios metabólicos e da necessidade de vida assistida, dizem os pesquisadores.

Cerca de 40 a 70% dos Canadenses mais velhos estão com sarcopenia. As pessoas começam a perder massa muscular e a força física já em torno dos 40 anos de idade. Então, quando estão “oficialmente mais velhos”, perdem grande quantidade de músculos.

As pessoas mais idosas que faz pouco para evitar o progresso da sarcopenia sofrem uma situação onde sentem que as atividades da vida diária como ir as compras e levantar-se de uma cadeira, ou até mesmo subir escadas como algo muito difícil e talvez uma atividade até impossível.

A pesquisa

Embora tenha sido demostrado que uma série de ingredientes nutricionais isolados combate a sarcopenia, esta é a primeira vez que são combinados e testados incluindo ingredientes de proteína de soro, creatina, vitamina D, cálcio e óleo de peixe.

Para o estudo, a equipe de pesquisa recrutou dois grupos de homens acima de 70 anos de idade.

Um grupo tomou um suplemento nutricional com vários ingredientes baseados em proteínas durante seis semanas sem um regime de exercícios, enquanto o outro grupo tomou um placebo. O objetivo foi avaliar se o consumo diário resultaria em ganhos de força e massa magra.

Após estas seis semanas, os indivíduos continuaram a tomar o suplemento (e o placebo), ao mesmo tempo em que faziam um programa de exercícios progressivos de formação por 12 semanas, consistindo de resistência e intervalos de alta intensidade.

Nós escolhemos esta combinação de exercícios para o máximo benefício em termos de fitness e força muscular. Eu sei que muitas pessoas pensam que os idosos não podem fazer esse tipo de exercício, mas isso é simplesmente uma crença falsa. Disseram os especialistas.

Nas primeiras seis semanas, o suplemento permitiu ganhar 700 gramas de massa corporal magra, a mesma quantidade de músculo que estes homens normalmente perdiam em um ano. E quando combinado com o exercício, duas vezes por semana, os participantes observaram maiores ganhos de resistência, especialmente quando comparados com os seus homólogos de placebo.

Claramente, o exercício é uma parte fundamental dos indivíduos em seu perfil de saúde melhorado, mas a suplementação isoladamente e em combinação com os exercícios também foi capaz de dar aos nossos participantes o mesmo efeito. A versão líquida, sem dúvida, é recomendada para a maioria dos idosos, especialmente em situações onde eles não podem fazer exercícios físicos, ou quando estão feridos ou se recuperando de cirurgia ou estão doentes, no entanto, o exercício também é necessário.

A fórmula

Os pesquisadores pretendem patentear o suplemento porque não existe nada semelhante no mercado.

Existem suplementos de uso comum para pessoas da terceira idade, porém nenhum deles contém tanta proteína ou todos os ingredientes que a equipe utilizou neste suplemento personalizado.

Os suplementos Boost e Ensure, por exemplo, contém Vitamina D, cálcio e outras vitaminas e minerais. Entretanto, elas representam somente de 9 a 10 gramas de proteínas mistas (leite e proteína de soja) por porção.

A pesquisa acontece em um momento em que as tendências demográficas indicam que os Canadenses mais velhos representam o maior percentual da população no país. Os autores esperam que a pesquisa inclua agora as mulheres mais velhas e populações diferentes que podem beneficiar de um suplemento para melhorar a saúde muscular.

Deixe um comentário